Vitinho

A blogosfera anda agitada com este post e com razão. Eu, na minha santa ingenuidade, tenho uma possível solução para o problema.

Porque não brincarmos mesmo aos referendos?

Podia fazer-se um referendo para apurar se os portugueses queriam o referendo e se consideravam ter capacidade para responder ao mesmo. Para já, a formulação está mais simples do que no último referendo, uma vez que se pretende responder apenas a duas questões, e não cinco ou seis, com a mesma pergunta.

Caso vencesse o não, a despesa com o acto eleitoral terminava logo ali. Gastava-se o mesmo que com o referendo para a ratificação do Tratado, saberíamos logo o que os portugueses pensam sobre o dito e não se falava mais no assunto. Caso contrário (disfarçar o sorriso!) realizava-se o referendo subsequente, mas ficava-se com a certeza que era do agrado e consenso de todos e seria espectável assistir às eleições mais participadas de sempre.

Esta entrada foi publicada em Alucinógenos. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s