Daniel e os pobres

Quanto aos outro nada sei, mas para os Jesuítas isso não será certamente uma provocação o que significa que nem sempre dá bom resultado fazer conjecturas sem conhecer bem os assuntos. E diga-se que era bem previsível um rotundo engano com uma expressão com tal intenção demagógica…

Desde 2003 que o Colégio de São João de Brito figura entre as 5 primeiras escolas do ranking , tendo nesse primeiro ano figurado como a primeira do mesmo. Por essa altura muita coisa foi escrita e dita sobre a instituição e os seus métodos e funcionamento foram dissecados até à exaustão.

Neste suplemento do Público da altura pode ler-se alguma dessa informação sobre o Colégio que, na sua essência, permanece actual e da qual destaco o seguinte:

Além do Colégio de São João de Brito, a Companhia de Jesus tem mais duas escolas no país: o Instituto de Nuno Álvares (INA), em Santo Tirso, e o Colégio da Imaculada Conceição, em Cernache. Se a escola de Lisboa está em primeiro lugar, as outras duas estão em 164º e 249º, respectivamente. Porquê se, como garante o director do São João de Brito, Jorge Sena, estas escolas têm a “mesma qualidade educativa, investem na formação de professores e os equipamentos e estruturas são de grande qualidade”? Porque os alunos são diferentes. Estas escolas têm contratos de associação com o Ministério da Educação, ou seja, qualquer miúdo pode frequentá-las porque o ensino é pago pelo Estado, pois estão em regiões onde não há escola pública. “O colégio de Coimbra fica num meio paupérrimo”, informa Jorge Sena. “É um meio rural, com fraco nível cultural. Teríamos outra posição no ‘ranking’ se estivéssemos mais próximos de Coimbra”, acrescenta o director da Imaculada Conceição, padre José Manuel Martins Lopes. Contudo, em 43 alunos, apenas três não entraram no ensino superior e 39 foram para a primeira opção, tendo um deles entrado em Medicina. Já no INA há filhos de desempregados, emigrantes e empresários dos têxteis. “O nosso contexto é muito diferente, porque os alunos do S. João de Brito pagam e nós temos de receber todos”, refere o director pedagógico Pedro Monteiro.

O director do São João de Brito garante que no seu colégio não se entra por “cunhas”, nem os alunos são escolhidos por “testes”. Embora um estudante do secundário pague, no mínimo, 3600 euros anuais, há miúdos, cerca de dez a 15 por cento, que se candidatam a bolsas e pagam menos. A escola tem ainda um número de lugares reservados a alunos deficientes e a outros que vivem em lares da Misericórdia.

À noite, o colégio recebe também meio milhar de adultos do ensino recorrente que fazem os exames do secundário como auto-propostos.

Numa proporção de 2 para 1 com os restantes colégios dos Jesuítas em Portugal e com a integração de 500 alunos do ensino recorrente nas próprias instalações, não me parece que esta instituição se encaixe nas “conclusões” que o Daniel tentou tirar deste ranking. Acredito que com as outras quatro escolas se possam passar processos idênticos mas desconheço. E como desconheço, não me pronuncio sobre elas…

Esta entrada foi publicada em Ansiolíticos. ligação permanente.

3 respostas a Daniel e os pobres

  1. Tárique diz:

    Estudaste nesse colégio? E não te ensinaram a não usar verbos transitivos como se fossem reflexos?
    Sobre o Valsassina posso pronunciar-me: os valsassianos costumam andar bem aviados de trocos, e cedem-nos sem ser preciso sequer mostrar a navalha. O difícil é apanhá-los antes de se enfiarem nos BMs.

    Atenciosamente: Tárique ibn-Ziyad, saído da escola pública (lugar 300 e tal do ranking) com mais que 19 em todos os exames.

    ps: Se precisares de explicações de português, diz qualquer coisa – posso cobrar-te os 8 contos à hora que me pagava cada míudo valsassiano há uns anitos.

  2. hirudoid diz:

    Obrigado pela correcção ortográfica, Robin dos Bosques!

    Atenciosamente, hirudoid

  3. Pingback: Rebenta a bolha! « Farmácia Central

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s