A pele lisa da Senhora Kirchner

Li hoje o Courrier International da semana passada e la´ estava um artigo da Veja brasileira sobre a (na mesma semana passada) prova´vel (e hoje de facto) futura presidente da Argentina. O artigo nao versava sobre o uso da imagem da candidata na sua campanha nem sobre a pessoa que e´ Cristina Kirchner. O autor do artigo – que nao faco ideia se e´ menino ou menina – escrevia sobre a falta de respostas quanto `as propostas poli´ticas de Cristina para uma Argentina a recuperar, contudo ainda assaz ressacada da crise financeira provocada pela indexacao ao do´lar do peso argentino. No meio de um artigo sobre poli´tica, o seu espirituoso autor referia (e estou a citar de memo´ria) que “o enigma sobre as poli´ticas de Cristina e´ tao grande como o do nu´mero de pla´sticas que Cristina ja´fez”.

 Parece-me claro que as pla´sticas que Cristina Kirchner fez ou as injeccoes de botox que levou ou uns miligramas ou centilitros de silicone que lhe tenham eventualmente implantado sao assunto dela. Ela e´gira e faz muito bem em cuidar da imagem. O que eu nao vejo e´a relevancia de um jornalista misturar os truques da cinquentona Cristina para continuar atraente com as suas propostas poli´ticas ou falta delas. E, nao sendo relevante, com certeza nao fariam a miscelanea com um candidato masculino. Em quantas noti´cias sobre as esponjosas poli´ticas guterristas se fez referencia ao farendol a que o entao PM recorria com frequencia de socialite?

 Pelos vistos ainda ha´quem considere que uma mulher, para ver as suas propostas discutidas, tem de ter rugas, cabelo espigado, vestir-se com roupas dois tamanhos acima nao va´notar-se alguma forma feminina mais curvili´nea, fugir das bancadas de maquilhagem das perfumarias (que tambe´m nao deveria frequentar: e´certo que nao se nota nas fotos ou na televisao, mas nada melhor para uma senhora na poli´tica do que oferecer aos que a rodeiam um sensato odor a sabao azul), e nunca, nem nos seus mais selvagens sonhos, colocar a hipotese de usar eyeliner ou baton com corante avermelhado. Nao precisavam, no entanto, de colocar por escrito tao admira´vel consideracao.

(Desculpem as faltas de acentos e cedilhas, mas nao estou no nosso cantinho rectangular.)

Esta entrada foi publicada em Ansiolíticos. ligação permanente.

Uma resposta a A pele lisa da Senhora Kirchner

  1. hirudoid diz:

    Queria apenas dizer-te que acho muito mal fazeres um post deste tamanho todo só como pretexto para fazer reparos à figura da Odete Santos…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s