A necessidade urgente de quotas

Rui, mais umas fantásticas ideias proteccionistas, de áreas que necessecitam urgentemente de quotas de bens e serviços de origem portuguesa, correndo-se o risco, não sendo elas implementadas, de desagregação da pátria, deterioração irreversível dos valores, e outras calamidades afins. Até porque o governo entendeu favorecer dos poucos artistas portugueses que são reconhecidos e comprados; de certeza que vai estender a mesma solicitude pelos menos afortunados.

1. Estabelecimento de uma quota de 25% para roupa de designers nacionais  a ser produzida nas fábricas portuguesas e a ser vendida nas nossas lojas de vestuário. Esta quota é acompanhada da mesma quota para os métodos psicanalíticos desenvolvidos por portugueses a serem usados nas consulta de psiquiatria, que crescerão de forma exponencial devido a sermos obrigados a vestirmo-nos como fugitivos de um hospício.

2. E os compositores eruditos?! E a Gulbenkian?! O seu ciclo de grandes orquestras mundiais deveria ter uma quota de 25% de grandes orquestras mundiais portuguesas, ou não?

Esta entrada foi publicada em Alucinógenos. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s