A apologia de Scolari II

Também eu vibrei muito com o Euro 2000. Muita bifana comi com o Borostyrol e com o Panaxginseng à conta dos golaços do Figo, João Pinto, Nuno Gomes, Costinha e Sérgio Conceição. As noites eram passadas a ver e rever os jogos 3, 4 e 5 vezes e a enviar emails para enaltecer Portugal no ticker dos Night Shows da Europort.
Mas também me lembro muito bem da indiferença dos portugueses. Depois dessa reviravolta contra a Inglaterra fomos para a rua festejar em euforia e acabámos julgados como tolos pelos transeuntes. A melhor aceitação que as nossas comemorações espontâneas receberam foi a solidariedade de um grupo de… espanhóis que tinham estado a assistir ao jogo e vinham fascinados com o que a nossa Selecção tinha conseguido.

Não acredito que uma vitória assim, no primeiro jogo do Euro 2008 deixasse o país tão sereno como o vi nessa noite. E não acredito porque agora tudo é diferente. Agora vive-se cada minuto dos jogos da selecção. Agora escreve-se cada gota de suor dos jogadores. Agora grita portugal inteiro com cada bola no fundo das redes. Agora existe SCOLARI!
É esta a verdadeira herança que ele deixa em Portugal, goste-se ou não do seu feitio e ordenado. Nos portugueses como na equipa. A apropriação da Selecção Nacional pelos portugueses. Algo que desconhecíamos e/ ou não queríamos ou que nem tínhamos oportunidade para querer.

Portanto, discordo por completo dos saudosistas de ocasião e concordo com todos aqueles que reconhecem tudo aquilo que mudou na Selecção com o Scolari.

Esta entrada foi publicada em Vitaminas. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s