Queridos amigos, desculpem o enjoo

A Fernanda Câncio respondeu ao oportuno e certíssimo PPM.

A Fernanda Câncio já havia atribuído a continuação do aborto clandestino aos movimentos que defenderam o Não. Agora atribui-lhes também os números previstos para o aborto e que se verificaram uma fraude. Nem vale a pena recordar o uso que os defensores do Sim fizeram destas estimativas, arma aliás clássica nas lutas pela legalização do aborto. Também é irrelevante constatar que se andaram a citar números errados sem questionarem a sua veracidade ou a qualidade da estimativa (porque não quiseram, ou não lhes apeteceu contrariar números que davam tanto, tanto jeitinho), já são crescidinhos e deviam saber aceitar as consequências das mentiras que propagandearam. Menos ainda vale a pena ir buscar posts da FC ao Glória Fácil onde gostava de insinuar que até (ou sobretudo?) as mulheres que eram contra a legalização já tinham feito abortos, de tão banal o procedimento – argumentação aliás também usada por outros bloggers pró-Sim. Nem vale a pena.

Mas a Fernanda Câncio parece perceber muito de falta de vergonha na cara. Lá isso parece. (E de resto, nem está a ser original, já ontem o David Pontes afirmava que quem usava e abusava do número de 20.000 abortos por anos eram os pró-Não.)

Esta entrada foi publicada em Antiparasitários. ligação permanente.

Uma resposta a Queridos amigos, desculpem o enjoo

  1. Mário diz:

    Há uns tempos atrás ouvi alguém dizer que as pessoas que defendem o aborto, sem qualquer dúvida no espírito, no fundo gostam que ocorram abortos, têm prazer em imaginar a morte dos fetos. Na altura pareceu-me um exagero sem nexo. Contudo, mudei de opinião ao observar cuidadosamente algumas destas pessoas. Não se trata de mero oportunismo em querer matar os putos que apareceram em má altura. É mesmo demência genocida.

    (Respondi com muito atraso ao desafio lançado no dia 17, no próprio post).

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s