Uma terra de boa gente, vê-se logo! (2)

Câmara de Terras de Bouro pondera exigir à banca condições contratuais iguais às concedidas a Lisboa

A Câmara social-democrata de Terras de Bouro vai analisar os termos do empréstimo a conceder pela CGD ao município de Lisboa, para exigir à banca condições contratuais iguais, disse hoje o seu presidente.

“Vou estudar o caso, e exigir igualdade de tratamento, quer no domínio legal, quer no das taxas de juro mais favoráveis”, afirmou António Afonso.

Segundo o autarca, quando a câmara recorre à banca fá-lo para investimento”, considerando não ser aceitável que “municípios ricos como o de Lisboa obtenham melhores condições e regalias do que os do interior montanhoso, como Terras de Bouro”.

Ontem a Assembleia Municipal de Lisboa aprovou um empréstimo de 400 milhões de euros para pagamento de dívidas a fornecedores.

O presidente terrabourense sublinhou que a sua autarquia tem uma situação de tesouraria normal, estando dentro dos limites de endividamento permitidos por lei.

“Em 2006 contraímos um empréstimo na banca, mas a curto prazo, até 2008”, acentuou o autarca.

(Receitado pelo Público)

Brufe a capital!

Esta entrada foi publicada em Analgésicos. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s