A woman´s right to shoes

jimmy-choo-1.jpg

A minha muito querida Diana escreveu aqui sobre os meus também muito queridos Manolos (infelizmente não tenho nenhuns que não sejam virtuais). Eu tomei isso como um desafio pessoal e aqui estou eu a defender os Jimmy Choo. Os da empresa criada pelo Jimmy Choo e pela Tamara Mellon – antiga acessories editor da Vogue britânica – e que agora é da Tamara Mellon e de uma empresa de um multimilionário qualquer, criados por Sandra Choi; não dos sapatos ainda mais exclusivos, da linha Jimmy Choo Couture, desenhados ainda por este mago dos sapatos e feitos inteiramente à mão.

Basicamente, os Jimmy Choo são lindos. Não é necessário acrescentar mais nada, mas como hoje estou palavrosa, digo também que são imensamente, infinitamente (e outros advérbios de modo parecidos) chiques e elegantes e criam umas fantásticas pernocas. Há disponíveis quase todos os modelos em várias cores e materiais e apetece comprar todos (repito: apetece, porque com sorte lá se compra um ou outro par de vez em quando). Os sapatos para festas são de fazer falhar uns tantos batimentos do coração e os mais casuais muito sofisticados. Vêm em várias alturas de saltos e os que eu prefiro – o salto mais fino com aquela pequena curvatura tão bonita, de oito centímetros e meio – são espantosamente confortáveis.

Espero que se deleitem com a imagem, que é da colecção Cruise.

(O título é o de um episódio da série Sex and the City, que a Diana também referiu, em que roubam uns Manolos à Carrie durante uma festa em que a obrigaram a descalçar-se. Bem feito: quem é que vai a festas que excluam sapatos?!)

(Caro esposo, se por acaso aqui passares, podes ficar também a saber que o meu número é o 36,5. Só para o caso de te interessar, por alguma razão que não descortino.)

Esta entrada foi publicada em Genéricos. ligação permanente.

6 respostas a A woman´s right to shoes

  1. Mário diz:

    Estes não gosto, parece sapato para deficiente. Mas o que interessa é o pé não ter joanetes e perna ser bem torneada.

  2. Carmex diz:

    Ó meu Deus, sapatos para deficientes?!!!! Está-se a ver que não está habituado a avaliar sapatos em fotografias! Nem sei que lhe responda… depois disto ainda me vem com elogios à minha amiga Fernada Cãncio, eh, eh, eh…

  3. Carmex diz:

    Ó meu Deus, sapatos para deficientes?!!!! Está-se a ver que não está habituado a avaliar sapatos em fotografias! Nem sei que lhe responda… depois disto ainda me vem com elogios à minha amiga Fernada Cãncio, eh, eh, eh…

  4. valdispert diz:

    A darling Carmex não podia ficar atrás,eh,eh,eh..adorei os teus Jimmys!
    Aliás, diga-se em abono da verdade, que a Mary personifica o chique em matéria de sapatos 🙂
    e não só… qualquer dia falo daquela “outra” matéria, que também tem muito que se lhe diga :-)…

    Quanto ao comentário do Mário… não estaria a referir-se aos sapatos prateados da foto anterior?? Talvez seja isso…porque só assim se compreende alguma relutância na apreciação de sapatos tão elegantes 🙂
    Convenhamos que uma perna pode ser bem torneada…mas com uns sapatos destes… ficará uma pernoca com muita classe 🙂

  5. Mário diz:

    «Quanto ao comentário do Mário… não estaria a referir-se aos sapatos prateados da foto anterior??»

    Sim, tem razão. Este sistema de comentários no início das postas ainda faz-me confusão.

  6. panaxginseng diz:

    estou a pensar que se os pees forem em escadinha e delicados, nestes sapaatos nao ficam nada mal…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s