As propostas liberais

Ouvi hoje nas notícias Luís Filipe Menezes falar de umas futuras propostas liberalizantes que o PSD fará em Janeiro. Esta formulação não me agrada: já temos um Governo a anunciar como facto consumado aquilo que vai fazer e aquilo que nunca chegará a fazer, pelo que não é necessário o PSD, pelo seu lado, anunciar o que também ainda não fez.

Em todo o caso, gostei do teor dessas propostas futuras (a ver vamos se se concretizam mais do que a propaganda governamental): dar a possibilidade às famílias de escolherem onde os filhos vão estudar, subsidiando o estado a escolha de privados de um aluno com as verbas que usaria para o ensino público desse mesmo aluno, e a possibilidade de se escolher entre sistemas de saúde público e privado. Se o PSD for neste caminho com Menezes (como já ia com Marques Mendes, apesar de ninguém o conseguir saber nessa altura), vai bem.

Esta entrada foi publicada em Analgésicos. ligação permanente.

Uma resposta a As propostas liberais

  1. Pingback: “Yet, as a result of a top-to-bottom education reform launched in 1991-92, virtually anyone can start a school in Sweden and receive public funding. Families are free to choose whatever state-subsidized school they prefer for their children, includi

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s