Pôr os pontos nos iis (digo eu, com ar muito sério)

Querido Panaxginseng, perdoa-me, mas a distracção é tua, eu nem sequer estive a qualificar as políticas de Greenspan à frente do Fed. Em primeiro lugar postas um artigo de Paul Krugman que ataca Greenspan por excesso de liberalismo e afirmando que os democratas deviam atacar as políticas de Greenspan, o que eu referi ser algo incoerente. Depois postas um artigo a defender que as políticas de Greenspan eram keynesianas. Fazes o favor de te decidires?! Nessa altura poderemos conversar com alguma lógica sobre o Alan Greenspan (se nos apetecer, e olha que esta época de saldos tem descontos fantásticos e eu não vou ter muito tempo disponível).

Já o artigo de Krugman sobre a globalização me parece mais interessante e pretendo escrever sobre isso. Mas tem de ser mais logo, que hoje estou em casa e o teu afilhado está a exigir ir ao “popó mãe”. (Se estivesse a trabalhar claro que escrevia já, afinal sou eu que pago o meu tempo de trabalho… Os empresários portugueses são mesmo muito maus, dedicam-se a blogues em vez de a coisas produtivas, ainda nos admiramos do país estar como está.)

Esta entrada foi publicada em Genéricos. ligação permanente.

2 respostas a Pôr os pontos nos iis (digo eu, com ar muito sério)

  1. Pingback: “BECAUSE EVELYTHING IS A CILCLE” (http://www.youtube.com/watch?v=gzOkDWPxCN0&feature=related) « Farmácia Central

  2. panaxginseng diz:

    O Krugman ataca Greenspan por este se ter recusado, nos seus uultimos anos, e quando os riscos comecaram a ser identificados, a mudar o regime prudencial para regular tambeem, de alguma forma, o risk assessment feito pelos bancos no mercado hipotecaario… esta recusa do Greenspan estaa ancorada nas visoes dogmaaticas da sua formacao, muito influenciada por uma economista chamada Rand… para esta visao dogmaatica da racionalidade dos agentes, nao haveria nunca razao para pensar que a orgia de subestimacao de risco pudesse ocorrer… e ocorreu, tal como previsto haa uns anos atraas… os mercados de factores sao muito mais complexos que os mercados de laranjas… e por isso, posicoes dogmaaticas sobre intervancao ou nao intervencao dao asneira!!!

    Se para comentares este artigo do Krugman, dizes que os democratas nao criticam o Greenspan porque este ee co-responsaavel pelo sucesso da administracao Clinton, entao estaas implicitamente a admitir que poliiticas fiscais e monetaarias coordenadas com o objectivo de estabilizacao macroeconoomica sao fundamentais para raapido crescimento econoomico e combate ao desemprego (independentemente das leis laborais)! Laa estaa algo que criticaste no passado recente… estamos no bom caminho…

    O FED estaa obrigado a seguir poliiticas activistas de estabilizacao macroeconoomica… se ao Greenspan se podem atribuir meeritos pelo crescimento econoomico da era Clinton, tal se deve a este mandato Keynesiano a uma coordenacao eficaz de poliiticas fiscais e monetaarias!!!

    Mas eu continuo sem perceber porque ee que o Sr. Krugman nao ee minimamente seerio. Entao qual ee o problema de criticar Greenspan por nao ter, de forma dogmaatica, feito nos uultimos anos do seu mandato (administracao Bush) algo para minimizar os riscos que agoram teem consequencias?!?!?? Mesmo que o Sr. Greenspan, em mateeria de poliitica monetaaria, poder ser visto como parte do sucesso do tempo Clinton?!?!??

    Ves? Nem uma uunica vez usei a palavra “liberal”…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s