O meu português deve ser muito esquisito

Panaxginseng, vou tentar explicar muito devagarinho, para ver se finalmente me entendes, pode ser?

1. Eu tenho a opinião (posso?) de que a intervenção estatal numa sociedade – tanto a nível económico, como cultural, como social – deve ser restringida ao mínimo (e este mínimo é definido pela minha opinião, uma vez que sou eu que mando na minha opinião), de forma a permitir o maior grau de liberdade possível aos cidadãos nas suas escolhas sobre a sua vida. Considero que o Estado tem um papel importante a desempenhar na redistribuição de riqueza e na regulação de vários sectores complexos e difíceis para um cidadão comum ter toda a informação para tomar as suas decisões; tem também a obrigação de proporcionar um enquadramento legal que deixe as empresas funcionarem e proteja em tempo útil empresas e cidadãos lesados por outras empresas ou cidadãos; é também função do Estado fornecer protecção social aos mais necessitados – more of which later, que este post não é sobre a minha visão de Estado ideal.

2. O Panaxginseng, porque não concorda com a minha opinião sobre o Estado, chama-lhe dogmática. Na minha opinião as Maldivas são um excelente sítio para passar férias; será isto um dogma?

3. Em termos económicos, os modelos neo-clássicos mostram que os gastos públicos não têm qualquer papel multiplicador no crescimento económico que o consumo e investimento privados não tenham também. O Panaxginseng, com os seus inúmeros artigos postados, não contestou esta ideia – que, de resto, arrasa com qualquer política económica Keynesiana, que resolve todos os problemas económicos com gastos públicos. As políticas económicas keynesianas mais emblemáticas são as seguidas nos anos 30 do século passado por Roosevelt e Hitler.

4. Apesar de chamares a minha posição de dogmática, ainda não vi nenhuma opinião consistente sobre o que consideras ser o nível de intervenção estatal ideal.

5. Quem vive e respira Teoria Económica, querido Panaxginseng, és tu. Eu só depois de uma lavagem cerebral passaria o fim-de-semana de passagem de ano a ler Keynes! Ou Schumpeter ou Lucas ou Rand. Eu estou muito mais interessada na parte política do liberalismo do que na parte económica.

6. Chegando finalmente ao Krugman! O artigo do Krugman que postaste terminava com este parágrafo:

“Given the role of conservative ideology in the mortgage disaster, it’s puzzling that Democrats haven’t been more aggressive about making the disaster an issue for the 2008 election. They should be: It’s hard to imagine a more graphic demonstration of what’s wrong with their opponents’ economic beliefs.”

Sendo que a “conservative ideology” era personificada no artigo por Alan Greenspan.

7. Eu respondo-te noutro post que Ele ataca a posição de Greenspan e termina inquirindo porque razão os democratas não atacam os republicanos nesta questão da falta de regulação nos mercados de hipotecas. Eu respondo: porque Alan Greenspan, que Krugman tanto abusa, foi presidente do FED durante a administração Clinton e é geralmente considerado um dos promotores do confortável crescimento económico que os americanos gozaram durante esse tempo. “

8. Eu não fiz qualquer juízo de valor sobre Greenspan – de facto sei muito pouco sobre o seu clube económico e mais: não me interessa saber – mas por eu ter dito “é geralmente considerado um dos promotores do confortável crescimento económico que os americanos gozaram durantete esse tempo”, tu presumes que é esta Vossa, Sinceramente que considera que afinal a actuação de Greenspan é determinante para o crescimento económico e que estou a contradizer tudo o que defendo (“Ah!!! Nao me digam que a Carmex afirma agora que a coordenacao de poliiticas monetaaria e fiscal durante a era Clinton desempenhou um papel importante em, ao mesmo tempo, manter full-employment e baixar as taxas de juro de longo-prazo…”, dizes tu). Panaxginseng, “é geralmente considerado” é diferente de “eu considero”; se não sabes por quem AG é considerado determinante para o cerscimento dos EUA da era Clinton, podes fazer uma pesquisa no google. De qualquer forma, o comportamento de um banco central é sempre determinante, quanto mais não seja não estorvando.

9. A falta de seriedade não é por atacar Krugman o AG, mas por defender que os democratas poderiam atacar os republicanos pelas ideias de AG, quando foram os democratas os “cúmplices” de AG no FED. É precisamente por isto que os democratas não têm atacado AG, e é de uma falta de seriedade gritante Krugman vir com esta conversa.

10. Não contente com postares um post que chama de reaccionário ultra-liberal a AG, postas depois um artigo a defender que AG seguiu uma política keynesiana no FED. Mas, obviamente, a contradição é minha. Diria eu, no entanto, que o homem ou é liberal ou keynesiano; ser-se ambas sem ser esquizofrénico é difícil.

11. E, repito, em tudo isto, eu nem sequer me pronunciei sobre AG (nem vou, não me interessa). Tu, no entanto, disseste dele uma coisa e o seu contrário, ao mesmo tempo que escreves que eu sou dogmática e não ponho sei lá o quê em causa.

12. Falando de pôr as coisas em causa, eu, se estivesse no teu lugar, quando lesse um artigo de Krugmans e quejandos, em especial artigos de pinião e não artigos científicos, e sabendo que os Krugmans e quejandos são declaradamente liberais americanos (aquela parte mais à esquerda do partido democrata) eu teria cuidado em destrinçar a teoria económica da ideologia. Mas isso sou eu, dogmática e tal.

13. É melhor começares a escovar os dentes com Evian, que a água de Manila é perigosa…

Esta entrada foi publicada em Anestésicos. ligação permanente.

Uma resposta a O meu português deve ser muito esquisito

  1. hirudoid diz:

    Já consideraram, por um momento, que podem haver opiniões diferentes e em todas elas um pouco de ciência e um pouco de verdade???
    Já se interrogaram se não estarão a ultrapassar o ponto em que exclusivamente alimentam a discussão e não tanto a informação aos nosso leitores e nós próprios?

    Beijo para ela e abraço para ele!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s