O regresso das amazonas livres de Darkover

Querem ler um texto verdadeiramente idiota e ressabiado? A Ana Matos Pires voltou à blogosfera. Eu, que já não tenho muitas ilusões sobre certos quarters, consigo-me ainda surpreender com estas coisas. Mas que mal fazem Isabel Jonet e o Banco Alimentar contra a Fome a Ana Matos Pires? Existem e AMP não gosta? Ajudam realmente pessoas? Têm léxicos diferentes? Mostram que a Igreja não está morta e enterrada como certas almas caridosas gostariam?

Sempre houve e sempre haverá quem se sinta mal com o bem ou reconhecimento alheios, mas seria de elementar bom gosto não o mostrar publicamente.

(Caro Hirudoid, tens que criar uma categoria chamada “purgantes” ou “sapos engolidos”, que era o que se adequava aqui.)

Esta entrada foi publicada em Vacinas. ligação permanente.

3 respostas a O regresso das amazonas livres de Darkover

  1. hirudoid diz:

    Sinceramente, andei todo o dia para fazer um post sobre isso, mas decidi não alimentar a laranjas quem vive de citrinos…
    O melhor a fazer é ignorar!

  2. hirudoid diz:

    Mas não deixa de me surpreender que o desdém com que é tratada a economia doméstica nos dias que correm.
    Coisas de gente que não tem que alimentar mais ninguém com o suor do seu trabalho!
    Não sei se estas carpideiras do regime me surpreendem mais do que irritam ou me irritam mais do que surpreendem. Mesmo sabendo ser esse o seu único objectivo e – pior! – ganha pão…

  3. Carmex diz:

    Rui, Rui, não te esqueças, carpideiras são só para chorar os mortos, a sra. dra. já te explicou!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s