Arquivos Diários: Fevereiro 26, 2008

Ontem houve cinema lá em casa

E o filme escolhido foi o galardoado da noite anterior (pode ser que tenhas um presente no teu aniversário, Carmex). Prometo que em breve vou arriscar um comentário (a minha primeira crítica de cinema), mas não pode ser já.

Publicado em Antianémicos | 6 Comentários

“É uma definição antiquíssima de justiça que é justo dar a cada um o que lhe é devido.”

Já tinha lido o excelente post e também tive para o trazer para aqui, mas mais uma vez a Carmex adiantou-se. Como ela refere, e muito bem, não é justo atirar a tripulação toda só para uma das bordas para … Continuar a ler

Publicado em Genéricos | 3 Comentários

A terceira, o que não é desprimor nenhum,

é Laura Linney, de Michael Kors. Ou como a simplicidade nunca está arredada do bom gosto. Ou como os vestidos devem viver para as mulheres que os vestem e não para si próprios.

Publicado em Placebos | Publicar um comentário

Logo a seguir, quase empatada…

Está a Katherine Heighl, com um divino goddess gown de Escada.

Publicado em Placebos | Publicar um comentário

And the Oscar goes to…

Como por impossibilidade de disponibilizar tempo – esse bem escassíssimo – não vi nenhum dos filmes nomeados para ou vencedores dos Óscares de 2008, o meu interesse foi para as fatiotas das actrizes. Aqui vai a minha selecção das mais … Continuar a ler

Publicado em Placebos | Publicar um comentário

Eu não gosto de me repetir, mas aqui vai: a administração Bush vai ser reavaliada dentro de anos

Andava para escrever isto há uns dias, a propósito da viagem de Bush, o Terrível a África. Como estou um viveiro de micróbios, poupo o meu esforço e aconselho a leitura deste excelente post de Miguel Morgado: “Bush foi a África, … Continuar a ler

Publicado em Vacinas | 2 Comentários

Cada vez gosto mais de ler este gajo (2)…

“…o nosso maior bombista fumava com a bica do camping gás aberta! São estas coisas, mais do que diz a Sedes, que me fazem pensar que não vamos lá…”

Publicado em Genéricos | Publicar um comentário

Patetice pegada, isto ee que ee uma blasfeemia que se apresente?

O que leva um tipo a escrever uma coisas destas? “…porque o desemprego não se deve à falta de lugares mas sim a distorções na economia. Uma economia sem distorções consegue acomodar novos trabalhadores sem grandes dramas…”  …vontade de opinar, … Continuar a ler

Publicado em Genéricos | 7 Comentários