Ontem

só vi os primeiros minutos da entrevista de José Sócrates, a pessoa, na Sic Notícias.

Confesso que não apreendi nada. Estava à espera de uma decoração consentânea com os sapatos Prada, por isso fiquei logo no minuto inicial encadeada com os profusos dourados das molduras dos quadros (e espelhos?) do hall de entrada de José Sócrates.

(Se este artigo sobre a entrevista é fidedigno, então, depois de recuperar o normal uso dos sentidos, sinto que perdi uns memoráveis momentos de pura diversão por não ter visto a entrevista).

Esta entrada foi publicada em Genéricos. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s