Para serem respeitados deviam dar-se ao respeito

Enquanto os professores contestam, organizam mega-manifestações e se preocupam com o seu estatuto de carreira, a sua avaliação e, claro, o seu ordenado podem ficar descansados: os seus alunos aprendem com eles que o que é  verdadeiramente importante é contestar e intimidar quem nos quer impor algo com que não concordamos e que, porventura, condiciona a nossa vida.

Eu estou longe de querer desculpar os comportamentos dos adolescentes do vídeo mostrado neste post da Helena Matos (são adolescentes e não bebés de 9 meses que ainda não têm noção de certo e errado), contudo a naturaliade e gozo com que esta cena foi recebida pelos alunos não seria possível se professores e Ministério da Educação não tivessem feito tudo nestes 33 anos de democracia para minarem a imagem de autoridade e merecedora de respeito dos professores (e aqui incluo, obviamente, os interesses corporativos da classe que sempre se sobrepoem aos interesses dos alunos).

Esta entrada foi publicada em Alucinógenos. ligação permanente.

Uma resposta a Para serem respeitados deviam dar-se ao respeito

  1. Pingback: Cada vez gosto mais de ler este gajo (3)… « Farmácia Central

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s