Uma realidade “desagradável”, “escusada” e, “excessivamente silly”

 

Desagradaavel para alguns pelos vistos, mas ee assim mesmo, calhou… nem ee preciso uma licenciatura em economia para perceber o passo seguinte: tudo o que o Estado recebe em impostos e pede emprestado aas pessoas e aas empresas (nacionais ou estrangeiras), gasta em bens, servicos, salaarios… ou seja, volta para pessoas e empresas (nacionais ou estrangeiras)…

EE assim, qualquer desvio desta percepcao baasica, ee religiao e nao um argumento sobre realidade… EE assim, soo por uma certa religiosidade pode algueem dizer que isto ee imoral etc…

O problema ee entao outro, nao este facto “desagradaavel” e “excessivamente silly”, mas o de:

(i) em que coisas gasta o estado o dinheiro recebido, e para que fim,

(ii) e que efeitos produz no estrutura do tecido produtivo de um paiis, (Ler o comentaario deste post antigo),

(iii) e que efeitos macroeconoomicos resultam dessa despesa?

PS1: soo com esta percepcao baasica do fluxo da actividade econoomica, se pode dar o passo seguinte para a Macroeconomia, e perceber por exemplo, a crise que faz agora notiicia nos jornais: “If very many individuals reduce their spending, in order to pay down their debt, the economy slumps. If many try to sell assets they own, their prices crash. If many default on their debts, financial intermediaries implode. The economics of an entire economy are not the same as the economics of a single household. That was perhaps the most important point John Maynard Keynes made.”

 

Esta entrada foi publicada em Genéricos. ligação permanente.

Uma resposta a Uma realidade “desagradável”, “escusada” e, “excessivamente silly”

  1. Pingback: Aviso à navegação « Farmácia Central

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s