Anjinho/Diabinho

 

Há aquela imagem dos desenhos animados do diabinho e do anjinho sobre os ombros de um personagem.

 

O diabinho, sempre mais interessante e inteligente que o anjinho. O anjiho até um pouco patético e fora da realidade, balofo, intelectual e fisicamente.

 

O diabinho, esse sim, engraçado, desafiador, esperto…

 

O mal é de facto mais atraente, o bem mais maçador.

O mal é mais exigente, o bem mais conformista.

O mal é mais estimulante, o bem mas pacífico.

 

É pelo menos esta a imagem social de bem e mal.

 

Mas agora já crescida (ou mais crescida) pergunto-me se o bem pode ser atraente, exigente, estimulante, desafiador. Como quase sempre neste tipo de resposta, o resultado é: individualmente sim, socialmente não.

 

Que estranho esta recorrente resposta que em termos individuais me diz uma coisa, mas em termos sociais me diz outra. Isto espanta-me!

 

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Genéricos. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s