O dedo na ferida

A Helena Matos, mais uma vez, pôs o dedo na ferida: então “o” Bush não andou a invadir países absolutamente pacíficos e com óptimos sistemas políticos e respeitadores de todo e qualquer direito, liberdade e garantia dos seus cidadãos, juntamente com meia dúzia de proto-déspotas interesseiros, tudo por causa do petróleo, de mais petróleo, de controlarem os poços de petróleo, e agora o petróleo atinge preços máximos históricos?

Sou eu com o meu mau feitio ou foram estas alegações que não tiveram sentido nenhum? Devo ser eu e o meu mau feitio que não conseguem vislumbrar uma razão tenebrosa que reafirme a razão “do” Bush para a guerra no Iraque e demonstre, ainda, que a família Bush está no centro e manipulando estas subida do preço do petróleo.

Esta entrada foi publicada em Alucinógenos. ligação permanente.

4 respostas a O dedo na ferida

  1. Ele e o vice dele não estão ligados ao negocio do petroleo. Dentro da mesma linha de pensamento é possivel assumir que se estão a servir dos lucros indirectamente.

  2. Carmex diz:

    Ó Pedro, ´mas que ideia a sua… É mesmo preso por ter cão e preso por não ter…

  3. Carmex,

    A lógica da Helena Matos é simplista e eu limitei a fazer um exercicio igualmente simplista. O problema é que os resultados agradam ao sector oposto 🙂

  4. Felipe diz:

    Se fuder! fdp , safado!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s