DE VOLTA, VOLTADA PARA FORA

Todos temos fases de introspecção e fases e exteriorização, acho!

 

Não que uma signifique egoísmo e outra disponibilidade para os outros, mas às vezes, significa.

 

A este propósito, serve-me a seguinte sequência de palavras: “Apaixonar-se, libertar-se, amar”

 

Curiosos os “ses” anexados. Quererão dizer que quando nos apaixonamos estamos centrados no nosso próprio apetite e prazer, que quando nos libertamos é de nós próprios que o fazemos e só quando amamos conseguimos voltar os sentimos para os outros.

 

Entenda-se que estes verbos não são exclusivos  de relações amorosas.

 

È por aqui que ando e é por aqui que me vou libertando.

Advertisement
Esta entrada foi publicada em Genéricos. ligação permanente.

Uma resposta a DE VOLTA, VOLTADA PARA FORA

  1. Mário diz:

    É isso mesmo. A paixão é uma sofrimento de adolescente, a liberdade uma ilusão de criança e apenas o amor espera a maturidade para despontar.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s