Rescaldo

Boas notícias:
“O alegado cérebro dos atentados terroristas de Bombaim, Índia, onde morreram 172 pessoas, figura entre os 165 membros de uma organização de solidariedade próxima do movimento islamista Lashkar-e-Taiba detidos domingo e hoje no Paquistão, anunciou um alto responsável da segurança.

“Zaki-ur-Rehman Lakhvi, um comandante das operações armadas do Lashkar-e-Taiba, é um dos detidos, garantiu à AFP um alto responsável dos serviços de segurança paquistanês, que solicitou o anonimato. “,
no PÚBLICO

Não só pela detenção de um criminoso (a verificarem-se as acusações indianas), como pelo sinal dado de cooperação entre India e Paquistão, cujas relações já difíceis se tornaram frágeis como teias de aranha depois dos atentados a Mumbai. Relações que não são reforçadas pelo interesse dos radicais islâmicos de racicalizarem o Paquistão e o tornarem (mais) belicoso face à India (e dado o recente estreitar de relações deste país com os EUA) nem por notícias como esta:
“Lashkar-e-Taiba, the Pakistan-based militant group suspected of conducting the Mumbai attacks, has quietly gained strength in recent years with the help of Pakistan’s main spy service, assistance that has allowed the group to train and raise money while other militants have been under siege, American intelligence and counterterrorism officials say. “, no NY Times.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Genéricos. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s