The battle of Açores is over, the bettle of Belém is about to begin

“Em comunicação ao País, Cavaco Silva afirma estar em causa a relação de poder entre os órgãos de soberania, denunciando a «situação absurda» criada pelo Estatuto dos Açores, que obriga o Presidente da República a ouvir partidos, Conselho de Estado, Governo Regional e a própria Assembleia Regional em caso de dissolução do parlamento açoriano, algo que o chefe de Estado considera ser «um precedente muito grave».”

Sol

O PS teve uma vitória de Pirro. Cavaco – que foi muito claro e acusou o PM, por intermédio do PS, de deslealdade institucional ao insistir na lei “absurda” e disse claramente que esta birra é apenas um jogo partidário que se sobrepôs, nas prioridades do PM, aos interesses nacionais – trabalhará discretamente a partir de agora para tornar a maioria absoluta de Sócrates em 2009 apenas uma doce mas distante miragem. E, havendo maioria relativa em 2009, Sócrates que se cuide.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Genéricos. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s