Medo

“Está tudo doido? Não. Está tudo cheio de medo. Porque nunca ninguém viu nada assim desde que existe democracia e Noronha do Nascimento e Pinto Monteiro preferiam manifestamente não ter sido eles a ver. Estas são circunstâncias absolutamente excepcionais e eu não sei se temos homens à altura destas circunstâncias. Parece-me muito sintomático que os dois mais altos magistrados do País se tenham refugiado em questões políticas (o segredo de justiça e a estrutura da investigação) no preciso momento em que aquilo que se lhes exige é clareza absoluta nas decisões judiciais. Pinto Monteiro, aliás, só emitiu um comunicado com alguns esclarecimentos depois de José Sócrates ter exigido publicamente que queria ser esclarecido.

Sejamos cristalinos: acreditar que Jesus Cristo andou sobre as águas exige menos fé do que acreditar que as conversas entre Sócrates e Vara têm a inocência de um episódio da Abelha Maia. Supondo que o juiz de instrução criminal de Aveiro não enlouqueceu, o simples facto de enviar certidões para o Supremo envolvendo Sócrates tem só por si um efeito devastador e que exige uma dupla resposta: jurídica (saber se as escutas são legais) mas também política. E, para a resposta política, a legalidade das escutas interessa pouco.

João Miguel Tavares no DN, imperdível.

Esta verdadeira “face oculta” do regime foi, por acaso, revelada aos pobres inocentes que somos todos nós e é tudo tão vergonhoso – a corrupção que é tão casual e barata; a Justiça que promove fugas em timings estratégicos para condenar quem não consegue condenar nos tribunais; a economia prisioneira desta teia de interesses e corrupção, empobrecendo a maioria que não tem cargos nem avenças nem amigos nas empresas e organismos públicos e que não vive do assistencialismo do Estado – que, realistas, só podemos desesperar. Começa a ser tempo de imaginar a desculpa que vou dar aos meus filhos quando, consientes da porcalhota que é este país, me pergutarem, e ao pai, porque não emigrámos. Desconfio que já nem o bom argumento de terem avós disponíveis e participativos e a possibilidade de gozarem de uma família alargada os vai convencer.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Antiparasitários. ligação permanente.

Uma resposta a Medo

  1. cirativo diz:

    Estou em condições de revelar aqui uma das conversas escutadas entre José Sócrates (JS) e Armando Vara(AV)
    AV..então pá foste dizer aquelas coisas sobre a o jornal da TVI?
    JC…que querias que dissesse nem o meu gato consegue ver aquilo,até abomina.
    AV…mas vai ser comprada pela PT
    JC …achas que a PT consegue fazer alguma coisa daquilo?
    AV….Acho que a PT não deve entrar na TVI,quem mexe em porcaria fica a cheirar mal. Já viste o que era o teu gato abominar cada vez que o telefone tocasse?
    JC… tens razão, vou dar ordens para que a PT não faça o negócio.
    …………………….
    …………………..
    Aqui está o crime que Sócrates cometeu e que CAA quer condenar .
    Na falta de melhor é um bom motivo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s