Morreu um de nós

Como é estranho o sentimento de comunidade que esta coisa da blogosfera dá. Não conheci o Jorge Ferreira, mas lia-o regularmente e apreciava-o sempre, concordando ou não com as suas opiniões. Num país que precisa de gente de direita (e de esquerda, com a mesma adjectivação, também) desassombrada, inteligente, culta, de carácter, empenhada, que arrisque, eu tenho a dar graças a Deus por toda a intervenção cívica e política da vida de Jorge Ferreira.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Genéricos. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s