Dobrar a espinha

Diz bem a Helena Matos: “já se sabe que depois da banca, da imprensa e dos empresários chegou a vez da Justiça dobrar a espinha“.

Se alguém quiser entender por que razão durante décadas aturámos Salazar, basta olhar para o que Sócrates e seus apaniguados fazem perante a indiferença de uns e a aprovação de tantos – e perceber que gostamos pouco de ser livres.

Salazar fez o trabalho bem feito e Sócrates agradece.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Anestésicos. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s