Um país muito sui generis

O nosso país é muito sui generis (a par da Irlanda, convenhamos). Sobre um assunto qualquer faz-se um referendo. Se o resultado desse referendo for “sim” à posição defendida pelo Partido Socialista, muito bem, mas se daí vier um “não” à linha oficial do Partido Socialista, volta-se à carga com o tema. A regionalização regenera-se, tal como aconteceu com o aborto.

O Red Bull dá-te asas, Lisboa.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Antiparasitários. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s