A minha saudação à família Faruk al-Nagiri

Há um ano e meio, andava eu por terras americanas, li um artigo muito interessante num qualquer jornal (tenho ideia que o USA Today, mas já sem certeza) que nos comunicava as preocupações dos pais iraquianos de adolescentes ou jovens adultos. No início da ocupação americana, os pais preocupavam-se sobretudo com as suas filhas e com a possibilidade de se envolverem (sexualmente ou romanticamente ou ambas) com os soldados americanos (e o certo é que houve bastantes exemplos desse bonito costume muçulmano de crimes de honra que assassinam mulheres que não se comportam como os seus piedosos pais ou irmãos desejam). Com o passar dos tempos e da guerra, com a afluência de terroristas à região, as preocupações dos pais iraquianos de adolescentes e jovens adultos transferiram-se para os filhos, terreno fértil de recrutamento pelos terroristas.

Lembrei-me deste artigo ao ler esta história. Se é certo que ‘o islão moderado’ é um mito, também é verdade que a grande maioria dos muçulmanos não são assassinos.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Antiparasitários. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s