(N)ey!

Continuando a incursão na MPB, não há outro que se lhe compare. Histriónico, folclórico, dono da mais bela voz masculina que o Brasil conhece(u). Com os Secos & Molhados inaugurou uma nova época, onde a interpretação musical é completada por cenários e coreografias vistosos, espampanantes, surreais por vezes. Mas acima de tudo, a voz. E as letras. E o espectáculo. É único. Talvez Olhos de Farol tenha sido a sua apresentação mais conseguida, atente-se que neste vídeo estaria pelos sessenta anos. Ney de Sousa Pereira no bilhete de identidade, Matogrosso para o mundo. E louco.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Tranquilizantes. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s