Já em pequeninos desconfio que não sabiam gerir a mesada

O assunto é deveras desinteressante em si mesmo. Contudo não me deixa de reforçar a ideia que tenho de que em Portugal um dos nossos maiores problemas é a prodigalidade que existe quando se trata de gastar dinheiro alheio, e que os maiores expoentes desta enfermidade estão – por culpas que também devem ser assacadas aos cidadãos mais sovinas, e a sovinice quando os outros pretendem desbaratar o nosso hard earned money é uma virtude – nos lugares cimeiros de ministérios e organismos públicos ou para-públicos.

Chegando ao que motiva o post e o parágrafo anterior: então não se estava mesmo a ver que o Real Madrid, depois de gastar rios de dinheiro a contratar José Mourinho, mais uns jogadores que Mourinho queria e mais isto e mais aquilo, iria esquecer o investimento que fez e aceitar que o seu treinador pago a peso de ouro o fosse em part-time, a meias com a selecção portuguesa? Mas de onde saiem as cabecinhas que julgam possível este absurdo?

Regressando ao mais importante: a solução para o meu dinheiro não ser gerido também por alucinados para quem valentes milhões de euros (dos outros) são peanuts que se deitam para o lixo sem pestanejar (e para eu não me maçar com estes disparates) é deixar de se financiar com dinheiros dos contribuintes esta coisa que emprega Gilberto Madaíl.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Alucinógenos. ligação permanente.

Uma resposta a Já em pequeninos desconfio que não sabiam gerir a mesada

  1. Pingback: Grandes Opções do Plano « Farmácia Central

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s