Maravilhosa

Quando queremos envolver-nos na parcela mais escura de nós próprios, só há um sítio para ir: Black Swan. Estaria assim registada a minha sensibilidade sobre o filme.

Mans não chega, outra nota preciso de aqui deixar. Não sei se amanhã a Natalie Portman leva a estatueta dourada; muito sinceramente, é talvez o menos importante de tudo. Porque Natalie Portman entrou no Olimpo do cinema, e tudo o que servir para reconhecer a maravilhosa interpretação da actriz nunca será suficiente. Ontem na sala encontrei a minha nova inspiração, porque muitas vezes na vida vivemos Odette, outras tantas vezes Odile. E Natalie Portman é isso tudo, tanto no enredo como na sua interpretação, mas muito, muito poucos mesmo conseguem transmitir essa realidade. Ela conseguiu-o magistralmente.

Uma palavra também para o realizador Darren Aronofsky e para Vincent Cassel: soberbos.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Vitaminas com as etiquetas , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s