Cinema: o que se perdeu pelo caminho?

Só pelos filmes que fui recuperar da memória valeu a pena ver o Artista. A minha irmã referiu logo no início a semelhança deste actor com Gene Kelly e o filme Serenata à Chuva. É verdade!, está lá tudo, a passagem para o sonoro, uns sobreviveram outros não, e o sapateado. Mas no meu caso foram outros filmes a surgir, talvez pelo clic daquela personagem masculina em declínio.

A história do percurso bem sucedido de uma actriz e o declínio do seu mentor está perfeita em A Star is born (Assim nasce uma estrela) de George Cukor. E se o próprio James Mason nos surge irritante naquela personagem irritante, imaginem como irritante nos terá surgido este artista mimético!?

Mas também William Wyler pegou neste paralelo mulher bem sucedida – homem em declínio em Carrie (Entre duas lágrimas) com um Lawrence Olivier que ainda consegue ser mais irritante do que James Mason, porque o James Mason ainda se revolta (sem razão lógica a não ser o narcisismo masculino… ups!), e este Lawrence Olivier aceita tudo de um modo masoquista.

Quanto ao filme que a cena final me evocou, trata-se de um Vincent Minnelli, The Bad and the Beautiful (Cativos do Mal). Também vale bem a pena revê-lo pela maravilhosa destreza do realizador nas filmagens em estúdio, só pelo prazer de acompanhar a câmara num espaço limitado, os ângulos possíveis, os movimentos, como um bailado de imagens. Já não se faz cinema assim… bem, um Scorcese, um Spielberg, e alguns outros, dominam a técnica, mas já não há aquela densidade emocional misturada com a frescura de todos os inícios, a atmosfera, a alma que se pressente nessas filmagens, desde a realização, a fotografia, os actores. O que é que se perdeu pelo caminho? Não diria a inocência, porque, pelo contrário, perdeu-se a maturidade. A maturidade, a paixão, o desejo de ultrapassar limites, de ir mais longe, de descobrir novos caminhos, novas abordagens, ultrapassar-se. Este filme de Vincent Minnelli fala-nos disso tudo de uma forma simples mas terrivelmente complexa, como complexas são as razões de todas as paixões, embora pareçam simples.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Analgésicos, Sapatos Ortopédicos, Vitaminas. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s