Hoje estou como a Violetta

(…)

As alegrias, as tristezas, em breve terão fim.

A tumba dos mortais tudo encerra.

A minha sepultura não terá lágrimas nem flores.

Sobre os meus ossos não estará cruz com o meu nome.

(…)

 

(Tradução encontrada num recital de Teresa da Netta/Luciana Morais/Kodo Yamagishi)

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Perfumaria. ligação permanente.

2 respostas a Hoje estou como a Violetta

  1. agfernandes diz:

    André

    A sério?
    Ando aqui a pregar a alegria como cura de tantos males e um farmacêutico graduado como o André entrega-se à tristeza? Nem pensar!
    E muito menos num dia primaveril como o de hoje!
    Um abraço!
    Ana (a farmacêutica mais chata de que há memória)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s