Crítica Cinéfila.

Cá estamos mais uma vez para a (já) tão aguardada Crítica Cinéfila.

E desta vez o contemplado com a nossa escolha foi: Efeitos Secundários (2013) de Steven Soderbergh com Rooney Mara, Jude Law, Catherine Jeta-Jones e Channing Tatum entre outros…

A história é simples (ou então nem tanto…): Uma jovem mulher recém-casada aparentemente a sofrer com uma brutal depressão (será?!?!?!?) é consultada por um psiquiatra que, ao abrigo de um protocolo experimental, lhe receita um novo medicamento que está a ser introduzido no mercado. Esta nova droga parece, no entanto, provocar-lhe efeitos secundários devastadores (será?!?!?!?) que a levam mesmo a cometer um homicídio. A história é esta e seria quase banal (mesmo repetitiva) se, mais ou menos a dois terços do filme, não existisse uma GIGANTESCA REVIRAVOLTA que (para além de me surpreender completamente) me deixou “agarrado” à tela mesmo até à última cena. LIKE!!!

Quanto a interpretações temos uma magnífica: A brutalmente depressiva/perturbada/apática (será?!?!?!?) Rooney Mara (que para quem não se lembra fez o papel principal no extraordinariamente violento mas Bom “O Homem que Odeia as Mulheres” e outra razoável (sexy, sexy, sexy…) da Catherine Jeta-Jones no papel de uma Psiquiatra que já tinha anteriormente tratado (será?!?!?!?) a personagem principal.

No que toca ao Jude Law (que interpreta o Psiquiatra que actualmente se encarrega do caso da “nossa” paciente (será?!?!?!?)), do meu ponto de vista trata-se claramente de um ERRO DE CASTING. Aquela carinha de “menino bonito” não é compatível (e muito menos credível) com a astúcia e raciocínio que a personagem vem a demonstrar e que é fundamental para o desfecho do filme. Assim de repente era capaz sugerir “um” Tom Hanks para este Papel… (as meninas que suspiram por este “inglesito empertigado” que me desculpem…).

Lá pelo meio do filme ainda se consegue avistar uma abordagem (ainda que muito sublime) a assuntos sérios (e cada vez mais actuais) como sejam os da “auto-medicação” e do “abuso de medicação” por parte de muitos médicos ou pacientes.

Para finalizar, para quem for ver o filme… A ÚLTIMA CENA (mesmo, mesmo a última) diz muito acerca de todo o filme!!! Cá se fazem, cá se pagam… AH AH AH!!! (mas é preciso estar com MUITA atenção)!!!

Este vale claramente a pena ser visto. BOM FILME!!!

P.S. – Como é que eu poderia esquecer isto!!!!!!!!!!! Para os homens que ainda não estão convencidos há uma cena (quase no fim) que poderá valer pelo filme todo!!! Imaginem a Catherine Jeta-Jones assim vestida de “menina de colégio” (mas EM BOM…) e a “nossa” paciente (será?!?!?!?) Rooney Mara… Botões a serem desapertados… Saias curtas… Saquem da net ou vão ao cinema!!!

Anúncios
Nota | Esta entrada foi publicada em Genéricos. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s