Um país de condições meteorológicas adversas

E o ministro não se referia à agricultura, era à construção civil (!)

Ninguém é responsável por nada, nem o FMI nem a CE nem o BCE nem o governo nem o ministro das finanças… mas temos de reconhecer que a criatividade do ministro das finanças superou todas as expectativas: as condições meteorológicas são as responsáveis pelo mau desempenho no 1º trimestre.

A Farmácia Central tinha aviado aqui uma receita ao governo: pôr o ministro das Finanças de quarentena. Se este vírus se espalha (e já vimos que vem de cima, da troika), podemos imaginar o que nos espera nos próximos tempos.

A Farmácia Central não se responsabiliza pela continuação dos danos na economia que a permanência do ministro das Finanças no governo pode provocar, uma vez que aviou a receita. Mas não são apenas os danos na economia do país, são também os danos na saúde mental, na estabilidade emocional e na tensão arterial de muitos cidadãos.

A receita prescrita pelo médico pode ser adaptada ao genérico equivalente, muito mais em conta, da MOBILIDADE ESPECIAL também chamada de REQUALIFICAÇÃO. Esta solução é muito mais barata e é muito simples de tomar: coloca-se o ministro das Finanças, e outros que também revelem ter sido contaminados pelo mesmo vírus, na lista da mobilidade com efeitos imediatos. A dose é reduzida gradualmente até desaparecerem do mapa e das estatísticas. Uma limpeza.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Genéricos com as etiquetas , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s