Tudo o que sou, tudo o que tenho

Tudo o que sou, tudo o que tenho é dela. Não sei viver de outra maneira. Se se está, pois então está-se completamente. Não sei o que é dar-me às prestações. Não consigo rachar contas. Isto não quer dizer que tenha alguma coisa contra o rachar. Comigo é que não funciona.

Nem segredo faço dos números do euromilhões.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Genéricos. ligação permanente.

Uma resposta a Tudo o que sou, tudo o que tenho

  1. Maria João Marques diz:

    🙂

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s