Todo o tempo do mundo

Não sei o que António Costa (e o PS) pretendem com estas conversas com o PCP e com o BE, nem me é muito importante saber. Curioso estou com a reunião marcada para amanhã com Passos Coelho e, presumo, Paulo Portas. Será o teste definitivo, último, da utilidade que resta a esta pobre III República para o bem comum. Se dali não sair um compromisso, de qualquer base ou incidência, que permita estabilidade a médio prazo na ação governativa então estes três, independentemente do grau de culpa de cada um, não servem para nada. Juntam-se à irrelevância do inquilino de Belém.

Não, não temos todo o tempo do mundo.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Bulas com as etiquetas . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s